Saúde Comunitária | MAIEC

Início Término Designação
2019.07.11 2019.07.11 Modelo de Avaliação, Intervenção e Empoderamento Comunitário (MAIEC) - A comunidade como cliente dos enfermeiros (7ª Ed)
2019.01.30 2019.01.30 Modelo de Avaliação, Intervenção e Empoderamento Comunitário (MAIEC) - A comunidade como cliente dos enfermeiros (6ª Ed)
2018.12.13 2018.12.13 Modelo de Avaliação, Intervenção e Empoderamento Comunitário (MAIEC) - A comunidade como cliente dos enfermeiros (5ª Ed)
2018.11.02 2018.11.02 Modelo de Avaliação, Intervenção e Empoderamento Comunitário (MAIEC) - A comunidade como cliente dos enfermeiros (4ª Ed)
 
 
Apresentação
A comunidade como alvo dos cuidados dos enfermeiros tem necessidades diferentes das identificadas nos indivíduos e famílias.  O MAIEC,  permite uma abordagem da comunidade como cliente e tem uma matriz de decisão clínica que desde a atividade de diagnóstico à avaliação de resultados orienta o cuidado de enfermagem para a comunidade orientado pelo Empoderamento Comunitário como processo e como resultado, sendo por isso um potencial modelo de referência em áreas como a Saúde Escolar,  a Saúde Publica, a Saúde no Trabalho ou mesmo para a abordagem do Hospital como uma comunidade na resolução dos seus problemas. 
 

Objetivos
- Identificar a comunidade como alvo dos cuidados dos enfermeiros e as suas características específicas.
- Identificar os conceitos e pressupostos do MAIEC;
- Descrever o processo de enfermagem alicerçado na matriz de decisão clínica do MAIEC, desde a atividade de diagnóstico às intervenções de Enfermagem.
- Identificar indicadores de estrutura,  processo e resultado em saúde comunitária,  desenvolvidos a partir do MAIEC.
 
Metodologia:
Metodologia activa: estudos de caso e diálogo interrogado e Metodologia expositiva: exposição.
Avaliação formativa que permite certificado de frequência.
 
Conteúdos:
- A comunidade como cliente dos enfermeiros- da história que desenha o futuro.
- Intervenção à comunidade: políticas,  settings e potencial em enfermagem comunitária.
- Modelo de Avaliação,  Intervenção e Empoderamento Comunitário: conceitos, pressupostos e matriz de decisão clínica;
 
Data e Horário:
11 de julho de 2019, das 9h às 13h e das 14h às 18h 
 
Número de horas
8 horas
 
Destinatários
Licenciados em Enfermagem / Enfermeiros
 
Coordenação / Docência
Pedro Melo (UCP – ICS)
Local de realização
UCP Porto, Campus Foz, sala: ER103
 
Investimento
40 € a pagar no ato de inscrição. O estudante frequenta o programa mas não é sujeito a avaliação. Será passada declaração de frequência, com referência ao número de horas e programa frequentado.
 
 
 
 
Apresentação
A comunidade como alvo dos cuidados dos enfermeiros tem necessidades diferentes das identificadas nos indivíduos e famílias.  O MAIEC,  permite uma abordagem da comunidade como cliente e tem uma matriz de decisão clínica que desde a atividade de diagnóstico à avaliação de resultados orienta o cuidado de enfermagem para a comunidade orientado pelo Empoderamento Comunitário como processo e como resultado, sendo por isso um potencial modelo de referência em áreas como a Saúde Escolar,  a Saúde Publica, a Saúde no Trabalho ou mesmo para a abordagem do Hospital como uma comunidade na resolução dos seus problemas. 
 

Objetivos
- Identificar a comunidade como alvo dos cuidados dos enfermeiros e as suas características específicas.
- Identificar os conceitos e pressupostos do MAIEC;
- Descrever o processo de enfermagem alicerçado na matriz de decisão clínica do MAIEC, desde a atividade de diagnóstico às intervenções de Enfermagem.
- Identificar indicadores de estrutura,  processo e resultado em saúde comunitária,  desenvolvidos a partir do MAIEC.
 
Organização do curso
Metodologia
Metodologia activa: estudos de caso e diálogo interrogado e Metodologia expositiva: exposição.
Avaliação formativa que permite certificado de frequência.
 
Conteúdos
- A comunidade como cliente dos enfermeiros- da história que desenha o futuro.
- Intervenção à comunidade: políticas,  settings e potencial em enfermagem comunitária.
- Modelo de Avaliação,  Intervenção e Empoderamento Comunitário: conceitos, pressupostos e matriz de decisão clínica;
 
Data
30 de janeiro de 2019, das 9h às 13h e das 14h às 18h 
 
Número de horas
8 horas
 
Destinatários
Licenciados em Enfermagem / Enfermeiros
 
Coordenação / Docência
Pedro Melo (UCP – ICS)

Regime
Diurno | Transmissão à distância: Disponível para frequência [ possibilidade de participação à distância - ver condições ]
 
Local de realização
UCP Porto, Campus Foz
 
Investimento
40 € a pagar no ato de inscrição. O estudante frequenta o programa mas não é sujeito a avaliação. Será passada declaração de frequência, com referência ao número de horas e programa frequentado.
 
 

» Formulário de inscrição

 
 
 
 
Apresentação
A comunidade como alvo dos cuidados dos enfermeiros tem necessidades diferentes das identificadas nos indivíduos e famílias.  O MAIEC,  permite uma abordagem da comunidade como cliente e tem uma matriz de decisão clínica que desde a atividade de diagnóstico à avaliação de resultados orienta o cuidado de enfermagem para a comunidade orientado pelo Empoderamento Comunitário como processo e como resultado, sendo por isso um potencial modelo de referência em áreas como a Saúde Escolar,  a Saúde Publica, a Saúde no Trabalho ou mesmo para a abordagem do Hospital como uma comunidade na resolução dos seus problemas. 
 

Objetivos
- Identificar a comunidade como alvo dos cuidados dos enfermeiros e as suas características específicas.
- Identificar os conceitos e pressupostos do MAIEC;
- Descrever o processo de enfermagem alicerçado na matriz de decisão clínica do MAIEC, desde a atividade de diagnóstico às intervenções de Enfermagem.
- Identificar indicadores de estrutura,  processo e resultado em saúde comunitária,  desenvolvidos a partir do MAIEC.
 
Organização do curso
Metodologia
Metodologia activa: estudos de caso e diálogo interrogado e Metodologia expositiva: exposição.
Avaliação formativa que permite certificado de frequência.
 
Conteúdos
- A comunidade como cliente dos enfermeiros- da história que desenha o futuro.
- Intervenção à comunidade: políticas,  settings e potencial em enfermagem comunitária.
- Modelo de Avaliação,  Intervenção e Empoderamento Comunitário: conceitos, pressupostos e matriz de decisão clínica;
 
Data
13 de dezembro de 2018, das 9h às 13h e das 14h às 18h 
 
Número de horas
8 horas
 
Destinatários
Licenciados em Enfermagem / Enfermeiros
 
Coordenação / Docência
Pedro Melo (UCP – ICS)

Regime
Diurno | Transmissão à distância: Disponível para frequência [ possibilidade de participação à distância - ver condições ]
 
Local de realização
UCP Porto, Campus Foz
 
Investimento
40 € a pagar no ato de inscrição. O estudante frequenta o programa mas não é sujeito a avaliação. Será passada declaração de frequência, com referência ao número de horas e programa frequentado.
 
 

» Formulário de inscrição

 
 
 
Apresentação
A comunidade como alvo dos cuidados dos enfermeiros tem necessidades diferentes das identificadas nos indivíduos e famílias.  O MAIEC,  permite uma abordagem da comunidade como cliente e tem uma matriz de decisão clínica que desde a atividade de diagnóstico à avaliação de resultados orienta o cuidado de enfermagem para a comunidade orientado pelo Empoderamento Comunitário como processo e como resultado, sendo por isso um potencial modelo de referência em áreas como a Saúde Escolar,  a Saúde Publica, a Saúde no Trabalho ou mesmo para a abordagem do Hospital como uma comunidade na resolução dos seus problemas. 
 

Objetivos
- Identificar a comunidade como alvo dos cuidados dos enfermeiros e as suas características específicas.
- Identificar os conceitos e pressupostos do MAIEC;
- Descrever o processo de enfermagem alicerçado na matriz de decisão clínica do MAIEC, desde a atividade de diagnóstico às intervenções de Enfermagem.
- Identificar indicadores de estrutura,  processo e resultado em saúde comunitária,  desenvolvidos a partir do MAIEC.
 
Organização do curso
Metodologia
Metodologia activa: estudos de caso e diálogo interrogado e Metodologia expositiva: exposição.
Avaliação formativa que permite certificado de frequência.
 
Conteúdos
- A comunidade como cliente dos enfermeiros- da história que desenha o futuro.
- Intervenção à comunidade: políticas,  settings e potencial em enfermagem comunitária.
- Modelo de Avaliação,  Intervenção e Empoderamento Comunitário: conceitos, pressupostos e matriz de decisão clínica;
 
Data
2 de Novembro de 2018, das 9h às 13h e das 14h às 18h 
 
Número de horas
8 horas
 
Destinatários
Licenciados em Enfermagem / Enfermeiros
 
Coordenação / Docência
Pedro Melo (UCP – ICS)

Regime
Diurno | Transmissão à distância: Disponível para frequência [ possibilidade de participação à distância - ver condições ]
 
Local de realização
UCP Porto, Campus Foz
 
Investimento
40 € a pagar no ato de inscrição. O estudante frequenta o programa mas não é sujeito a avaliação. Será passada declaração de frequência, com referência ao número de horas e programa frequentado.
 
 

» Formulário de inscrição

 

 
 
Apresentação
A comunidade como alvo dos cuidados dos enfermeiros tem necessidades diferentes das identificadas nos indivíduos e famílias.  O MAIEC,  permite uma abordagem da comunidade como cliente e tem uma matriz de decisão clínica que desde a atividade de diagnóstico à avaliação de resultados orienta o cuidado de enfermagem para a comunidade orientado pelo Empoderamento Comunitário como processo e como resultado, sendo por isso um potencial modelo de referência em áreas como a Saúde Escolar,  a Saúde Publica, a Saúde no Trabalho ou mesmo para a abordagem do Hospital como uma comunidade na resolução dos seus problemas. 
 

Objetivos
- Identificar a comunidade como alvo dos cuidados dos enfermeiros e as suas características específicas.
- Identificar os conceitos e pressupostos do MAIEC;
- Descrever o processo de enfermagem alicerçado na matriz de decisão clínica do MAIEC, desde a atividade de diagnóstico às intervenções de Enfermagem.
- Identificar indicadores de estrutura,  processo e resultado em saúde comunitária,  desenvolvidos a partir do MAIEC.
 
Organização do curso
Metodologia
Metodologia activa: estudos de caso e diálogo interrogado e Metodologia expositiva: exposição.
Avaliação formativa que permite certificado de frequência.
 
Conteúdos
- A comunidade como cliente dos enfermeiros- da história que desenha o futuro.
- Intervenção à comunidade: políticas,  settings e potencial em enfermagem comunitária.
- Modelo de Avaliação,  Intervenção e Empoderamento Comunitário: conceitos, pressupostos e matriz de decisão clínica;
 
Data
2 de Novembro de 2018, das 9h às 13h e das 14h às 18h 
 
Número de horas
8 horas
 
Destinatários
Licenciados em Enfermagem / Enfermeiros
 
Coordenação / Docência
Pedro Melo (UCP – ICS)

Regime
Diurno | Transmissão à distância: Disponível para frequência [ possibilidade de participação à distância - ver condições ]
 
Local de realização
UCP Porto, Campus Foz
 
Investimento
40 € a pagar no ato de inscrição. O estudante frequenta o programa mas não é sujeito a avaliação. Será passada declaração de frequência, com referência ao número de horas e programa frequentado.
 
 

» Formulário de inscrição

 
Apresentação
A comunidade como alvo dos cuidados dos enfermeiros tem necessidades diferentes das identificadas nos indivíduos e famílias.  O MAIEC,  permite uma abordagem da comunidade como cliente e tem uma matriz de decisão clínica que desde a atividade de diagnóstico à avaliação de resultados orienta o cuidado de enfermagem para a comunidade orientado pelo Empoderamento Comunitário como processo e como resultado, sendo por isso um potencial modelo de referência em áreas como a Saúde Escolar,  a Saúde Publica, a Saúde no Trabalho ou mesmo para a abordagem do Hospital como uma comunidade na resolução dos seus problemas. 
 

Objetivos
- Identificar a comunidade como alvo dos cuidados dos enfermeiros e as suas características específicas.
- Identificar os conceitos e pressupostos do MAIEC;
- Descrever o processo de enfermagem alicerçado na matriz de decisão clínica do MAIEC, desde a atividade de diagnóstico às intervenções de Enfermagem.
- Identificar indicadores de estrutura,  processo e resultado em saúde comunitária,  desenvolvidos a partir do MAIEC.
 
Organização do curso
Metodologia
Metodologia activa: estudos de caso e diálogo interrogado e Metodologia expositiva: exposição.
Avaliação formativa que permite certificado de frequência.
 
Conteúdos
- A comunidade como cliente dos enfermeiros- da história que desenha o futuro.
- Intervenção à comunidade: políticas,  settings e potencial em enfermagem comunitária.
- Modelo de Avaliação,  Intervenção e Empoderamento Comunitário: conceitos, pressupostos e matriz de decisão clínica;
 
Data
13 de dezembro de 2018, das 9h às 13h e das 14h às 18h 
 
Número de horas
8 horas
 
Destinatários
Licenciados em Enfermagem / Enfermeiros
 
Coordenação / Docência
Pedro Melo (UCP – ICS)

Regime
Diurno | Transmissão à distância: Disponível para frequência [ possibilidade de participação à distância - ver condições ]
 
Local de realização
UCP Porto, Campus Foz
 
Investimento
40 € a pagar no ato de inscrição. O estudante frequenta o programa mas não é sujeito a avaliação. Será passada declaração de frequência, com referência ao número de horas e programa frequentado.
 
 

» Formulário de inscrição