Investigador Miguel Pais-Vieira reforça corpo docente do ICS Porto

Miguel Pais-Vieira, licenciado em enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem da Imaculada Conceição, integrada como Unidade de Ensino de Enfermagem do Porto do Instituto de Ciências da saúde, é atualmente investigador na Universidade de Duke nos EUA, onde trabalha em integração sensoriomotora e interfaces cérebro-màquina (brain-machine interfaces).
 
Após terminar o mestrado em Ciências Cognitivas na Faculdade de Filosofia na Universidade Católica em Braga, realizou o seu doutoramento em Biologia Humana na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Durante o seu pós-doutoramento, foi para a Universidade de Duke nos EUA para aprender técnicas de registo electrofisiológico e análise de sinal em tempo real, no laboratório do Professor Miguel Nicolelis. A sua decisão de deixar o país não foi o resultado do cenário macroeconómico, mas sim da necessidade de aperfeiçoar conhecimentos técnicos. A sua experiência no exterior ajudou-o a compreender a forma de trabalho anglo-saxónica e a valorizar mais a cultura europeia, permitindo-lhe aproveitar o melhor de cada uma delas.
 
Considera que o contato prolongado que os enfermeiros têm com os sujeitos/pacientes faz dos enfermeiros uma classe privilegiada que pode dar um contributo determinante às neurociências. Por outro lado, as neurociências são uma fonte importante de conhecimentos para a prática de enfermagem, uma vez que explicam os mecanismos básicos que regem uma fração significativa da fisiologia e comportamento destes mesmos sujeitos/pacientes.
 
Passará a integrar o corpo docente do ICS, onde lecionará nos diferentes ciclos de formação, a partir de Setembro de 2015.
 
Ver CV
 
Ver notícia recente no jornal Público e entrevista à Enfermagem e o Cidadão de junho de 2015.