COVID-19 – Comunicado ICS – Escola de Enfermagem

Caros estudantes, docentes, investigadores e colaboradores do ICS-Escola de Enfermagem

Comuniquei, no passado dia 10 de março, o início das nossas atividades online, na mesma data em que foram suspensos todos os ensinos clínicos e estágios. Tinha reafirmado na comunicação anterior, de 6 de março, que a nossa escola estava preparada para responder adequadamente à evolução da situação de pandemia, no acompanhamento de todos os estudantes, dos diferentes cursos e fases de aprendizagem. E assim tem sido.

Passaram-se dez semanas de intensa atividade, usando com sucesso diferentes recursos na implementação de novas e criativas formas de aprender e ensinar. Pelo meio, alguns professores empenharam-se em atividades de voluntariado e de colaboração com instituições de saúde e de solidariedade social, junto de populações mais vulneráveis; outros docentes convidados continuaram o seu trabalho, na linha da frente da assistência às vitimas desta pandemia, que a todos assola; e alguns estudantes finalistas, que se preparam para ser os nossos heróis do futuro, aproveitaram a oportunidade de aprender-servindo e vão já na segunda semana de ensino clínico no Hospital de Campanha Porto., com a orientação de dois docentes no local.
Esta fase foi superada. E parece que em Portugal estamos a saber prevenir males maiores.
Está agora na hora de enfrentar novos desafios!

A partir de amanhã recomeçaremos as aulas práticas laboratoriais da licenciatura em Enfermagem. Voltarão à escola estudantes do 1º, 2º e 4º anos, em períodos diferentes, para aulas em grupos de seis estudantes por laboratório, cumprindo todas as regras de segurança definidas para esta atividade.

A quase totalidade das instituições de saúde não nos informou ainda sobre a data em que voltarão a receber estudantes. E as que o fizeram, disponibilizam-se apenas a receber estudantes do 4º ano, para que possam acabar o seu curso. Apesar de ser possível prolongar o ano letivo até agosto, neste momento prevemos que os nossos estudantes finalistas terminem o curso na data inicialmente programada, a 3 de julho. E a coordenação do curso de licenciatura tomou já medidas que permitirão, aos estudantes de outros anos, terminar o ano letivo com o número de créditos regular (60 ECTS), adiantando unidades curriculares. Deste modo, o adiamento dos ensinos clínicos para o início do próximo ano letivo não prejudicará a sua duração.

Também os estudantes de mestrado, enfermeiros em exercício, viram o planeamento do curso sofrer alterações que vão ao encontro das suas necessidades atuais. E com as medidas excecionais adotadas, já nas próximas semanas se realizarão, com recurso a webconference, as primeiras vinte e quatro provas de defesa de mestrado, que permitirão à nossa comunidade contar com novos enfermeiros especialistas.

Neste contexto e face a estes novos desafios, desejo a todos que as próximas semanas sejam de sucesso académico, permitindo-nos agradecer a vida que a cada dia nos é oferecida, com e para os outros.

Prof. Margarida Vieira
Diretora Regional do ICS
Escola de Enfermagem (Porto)

13 de maio de 2020