Pensamento Crítico na Católica Porto

17.10.2018 17:48
Sala EC105 | Campus Foz

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

17.10.2018 17:48 Pensamento Crítico na Católica Porto Link: http://www.saude.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/pensamento-critico-na-catolica-porto

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto | Campus Foz | Sala EC105

Introdução

Vivemos tempos de rápida mudança socioeconómica, geopolítica, identitária e cultural, por vezes geradores de incerteza e de questionamento em torno de valores fundamentais para uma vida pessoal e social digna. Experimentamos, ao mesmo tempo, oportunidades únicas de desenvolvimento técnico e científico e de encontro entre todos os seres humanos.

Porque o que nos mobiliza é a dignidade do ser humano e o seu desenvolvimento integral e profundo, a Universidade Católica no Porto entende ser seu dever facultar a todos os seus alunos de licenciatura uma sólida base cultural comum, alicerçada na sua tradição humanista e cristã.

Com os Seminários de Pensamento Crítico, a Universidade Católica investe na capacidade de os seus alunos aprenderem a refletir, a optar e a agir com qualidade, alicerçados nesta axiologia.

Fundamentação e Propósitos

A sociedade do séc. XXI desafia as pessoas a interagir com o meio de forma mais interrogativa, consciente, lúcida e criativa. As soluções de ontem, e até as de hoje, respondem com cada vez maior dificuldade às questões complexas que enfrentamos. A quantidade de informação produzida, bem como o seu imediatismo e acessibilidade, exigem uma nova forma de pensar a quem deseja ser mais do que recetor ou observador passivo. O ser humano deste novo século não pode ser um consumidor passivo de informação.

Como entendem os estudantes a informação com que se deparam a toda a hora dentro e fora da universidade? Como refletem sobre ela? Que questões se colocam? Que alternativas consideram? Que critérios utilizam para balizar a qualidade dos processos envolvidos no seu pensamento e no de outros?

O pensamento crítico é um sistema aberto, transversal a todos os campos do saber, que potencia a formação de cidadãos que pensam de forma profunda e consciente nos planos científico, intelectual e cívico. Tendo como base a convicção fundamentada de que existe uma relação direta entre o estudante que pensa criticamente e a aprendizagem de novos conhecimentos a níveis profundos, o propósito desta unidade curricular é levar cada estudante a:

- entender que o complexo processo de pensar criticamente faz parte de tudo o que fazemos e se baseia em competências como a observação, ou a leitura e escrita atentas;
- tomar consciência da importância de estar munido de critérios bem definidos quando procura e gere informação, de maneira a obter resultados mais fiáveis;
- reconhecer as diferentes estratégias de pensamento crítico e de resolução de problemas no contexto de diversas disciplinas e variados recetores;
- avaliar a qualidade da argumentação e da evidência de acordo com os contextos em que surgem;
- refletir e optar com base em informação plural, cada vez mais acessível e em maior quantidade;
- utilizar a escrita, a leitura e a expressão oral de modo a contribuir para o seu desenvolvimento enquanto interveniente em contexto académico;
- desenvolver transversal e profundamente, e apresentar publicamente, uma ideia ou uma lógica de argumentação com base na análise cuidadosa da evidência;
- utilizar a introspeção, a observação, a deliberação e a investigação para projetar e criar textos bem fundamentados, bem como para fazer uma leitura crítica de textos complexos sobre diversas áreas do conhecimento.

Competências a Desenvolver

- Ponderação de novas ideias e conceitos.
- Identificação dos objetivos últimos de toda a informação que se recebe e gera.
- Avaliação da informação segundo critérios como clareza, precisão, relevância, profundidade, lógica e abrangência.
- Consciência das implicações, ou questões, que o novo conhecimento coloca.
- Compreensão dos conceitos que a nova informação cria, nega ou confirma.
- Identificação das assunções, implicações e pontos de vista inerentes a qualquer ideia, informação ou sistema.
- Interação com o meio de forma consciente, lúcida e criativa.
- Abertura a novos paradigmas, desenvolvendo atitudes de observador ativo e interveniente, capaz de dar resposta eficaz às questões complexas que surgem no dia-a-dia.
- Comunicação autêntica, que inclui aprender a exprimir claramente o seu ponto de vista e a ouvir atentamente pontos de vista diferentes, esforçando-se por conseguir um entendimento profundo dos mesmos.

Docentes

Helena Gil da Costa (Coordenação) - mhcosta@porto.ucp.pt
Aida Fernandes - afernandes@porto.ucp.pt
Ana Andrade - aiandrade@porto.ucp.pt
José António Couto - jcouto@porto.ucp.pt
Margarida Silva - msilva@porto.ucp.pt
Conceição Soares - csoares@porto.ucp.pt
Guilhermina Castro - mcastro@porto.ucp.pt
Vítor Teixeira - vteixeira@porto.ucp.pt

Maria Clara Paulino (Formação de Formadores) - paulino.mariaclara@gmail.com